Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SNTNELA

04.Nov.17

Os olhos também falam

Sntnela
 Ela tocava violão e cantava uma linda canção,ninguém me disse nada, mas sei que era para mim aquelas doces palavras, entre acertos e desafinos, vinham do fundo da alma, senti o seu coração sofrendo, rolou no meu rosto uma lágrima,Todos a aplaudiram pela a emoção despertada, aquela bela menina que a todos encantara, Mas sinto que (...)
17.Out.17

Lembras-se de mim

Sntnela
 Fui levada pelo vento como as folhas secas do outono,as vezes o que têm de ser, é mais forte, contraria a nossa vontade,agora novamente frente a frente, vejo diferenças físicas,e me pergunto se profundamente ainda temos algo do que um dia fomos,dos sentimentos que outrora arrebatava nossos corações,olhamos um para outro como se nos conhecêssemos,mas (...)
06.Out.17

Amor sem medida

Sntnela
Tenho medo do amor, não sei como agir, bate forte no meu peito,bate forte em mim. Não quero te sufocar,não quero me reprimir,quero apenas te amar,e que ames também a mim. Um abraço apertado,acalma meu coração,mas quando te afastas,sinto uma grande aflição. Tento disfarçar a loucura,a paixão que sinto por ti,sentimento ou doença,est (...)
06.Jan.17

percepção

Sntnela
 Posso não ter o sol,mas serve bem o teu sorriso,ele me contagia, espanta a tristezae aquece a minha alma. posso não ter o mar,mas serve bem os teus braços,que me envolve, me enlaçae me acalenta no teu amor.  Posso não ter a lua,mas serve bem o brilho dos teus olhos,que ilumina as minhas noites escuras,e me guia para os teus braços. posso não ter o mundo,mas me serve bem ter te a ti,que com carinho e respeito,tornou se o meu mundo.  posso não ter tudo que quero,mas serve (...)
16.Nov.16

O calor do nosso amor

Sntnela
 O meu corpo gelado reclama o calor do teu,o frio da madrugada castiga me a tua espera,uma chama que vêm de dentro, mantém me acordada,a porta do quarto se abre, você chegou,dois corpos gelados que quando se juntam incendeiam,não há frio que resista.
26.Out.16

Pesadelo

Sntnela
 Sonhei que te amava,e que seu amor não era meu,a angustia era tamanha,o meu corpo é que sofreu,a escuridão se instalou,o medo me consumiu,os olhos não acreditaram,nos braços de outra te viu. Teus olhares não eram meus,teu beijo não me pertencia,Perdi o controle sobre mim,gritava e ninguém me ouvia,uma realidade estranha,num desespero sem fim,corria (...)

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.