Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

SNTNELA

Algemas invisiveis

Liberdade-1090835__340.jpg

 

O vento balança os meus cabelos, e beija me suavemente,

e mesmo sem asas sou livre, e vou para onde quiser,

se tivesse asas, ninguém me segurava,

mas mesmo assim sinto me voar,do meu jeito,

com os pés  assentados no chão e a cabeça no espaço,

sou uma sonhadora, não queira me impedir,

é da minha alma ser livre,

não queira prender me nos teus costumes que são como algemas,

nos teus sonhos, que são como barras de ferro para me prender,

nasci para ser feliz, sigo apenas a razão do meu coração,

porque a razão da cabeça me aprisiona a conceitos, a preceitos,

a histórias que não me dizem nada.

Escrevo o meu próprio caminho, e do meu jeito amo,

prezo a liberdade e te deixo livre,

se partires é uma escolha tua, mas se ficares a escolha é nossa,

porque amar é libertar não prender,

ser feliz respeitando o espaço do outro,

encontrar a felicidade na felicidade do outro,

sem deixar de amar a si mesmo. 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.